Whatsapp
Como ensinar as crianças a lidar com as frustrações?

Como ensinar as crianças a lidar com as frustrações?

A grande maioria dos pais já teve que lidar com as frustrações e com situações de birra, quando um filho quer alguma coisa que não lhe pode ser dada ou não é apropriada para aquele momento.

Nessas ocasiões, os adultos não sabem muito bem como agir e suas atitudes variam desde reações extremamente permissivas, sempre atendendo aos pedidos com medo de a criança fazer mais escândalos, até outras bastante agressivas, batendo ou gritando com o pequeno.

Conseguir encontrar o meio termo entre esses dois comportamentos pode ser a melhor forma de ensinar as crianças a lidar com as frustrações. Para saber mais sobre esse tema, continue com a gente até o fim do post.

Entenda um pouco de psicologia infantil

As crianças ainda não desenvolveram em seus cérebros a função responsável por lidar com as frustrações, com esse sentimento ruim que nos acomete quando as coisas não acontecem da maneira como gostaríamos.

Essa área chega ao seu desenvolvimento pleno apenas aos 25 anos, de acordo com os neurocientistas. Por isso, não devemos esperar que os pequenos consigam agir como nós adultos diante de um desapontamento.

Daí a importância de uma disciplina positiva, baseada na empatia. Devemos evitar puni-las quando estiverem reagindo a uma frustração, ajudando-as a lidar com esse sentimento, o que certamente será muito mais proveitoso para o seu desenvolvimento.

Como evitar a ansiedade infantil?

Não saber de que forma lidar com o escândalo feito pelas crianças pode desencadear nos adultos reações extremamente exageradas, ou seja as quais têm o potencial de ocasionar, nos pequenos, problemas de ordem mental e psicológica.

A ansiedade infantil é um dos transtornos psicológicos que mais atinge as crianças. Por isso é necessário ficar atento para esse problema, mesmo quando ele não for considerado uma patologia, mas cause algum tipo de sofrimento.

Meninos e meninas com ansiedade sentem a necessidade de estarem sempre vigilantes por acharem todas as situações perigosas. Eles também são mais sensíveis a sentimentos de reprovação e tendem a ser mais autocríticos.

Pais nervosos, ansiosos e descontrolados podem deixar o pequeno com medo e esse pode ser um fator crucial para o desenvolvimento do problema ou agravamento a situação.

Portanto nesses casos, exercícios de respiração e relaxamento podem ajudar. E é muito importante também não perder a calma. Buscar orientações de profissionais especializados em psicoterapia infantil é muito aconselhável e ajuda os pequenos a lidar com as frustrações.

O comportamento de crianças de 4 a 5 anos

O comportamento infantil entre os 4 e 5 anos é modificado a partir do surgimento de muitas novidades. Nessa idade, as crianças começam a frequentar a pré-escola e os pais percebem que seus filhos estão crescendo.

Nesse período, ou seja, estão em formação as referências, a personalidade e as formas de pensar do indivíduo. Portanto, é uma fase repleta de aprendizados, tanto para os pequenos quanto para os pais, o que certamente pode gerar frustrações de ambos os lados.

Compreender as tendências pedagógicas, e ficar por dentro de ferramentas educacionais como os brinquedos educativos que pode ajudar muito a lidar com essa e com as etapas futuras do desenvolvimento infantil.

Aproxime-se do seu filho

Muitas vezes os choros e gritos são uma tentativa de chamar atenção dos pais. Por isso, encontre tempo em algum momento do dia para se dedicar exclusivamente às crianças.

Portanto, uma boa maneira de fazer isso, são as brincadeiras utilizando brinquedos que estimulam a conectividade com os pais. Esses são momentos saudáveis e de muito significado para os pequenos, configurando-se como uma forma de ensinar muitas coisas por meio do diálogo amigável e acessível que o brincar proporciona. Tem um amigo ou amiga que vem que vem passando por momentos assim de lidar com as frustrações ? Que tal compartilhar com ele (a) este texto?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *